quinta-feira , dezembro 14 2017

Buraco destrói rua do Jardim Apurá

Secretaria das Prefeituras Regionais disse que fará licitação para contratar empresa para fazer a obra

Texto/ Por Flaviane Fernandes

Fotos: Reginaldo Lima

Há mais de um ano, moradores do Jardim Apurá, região Sul de São Paulo, são obrigados a conviver com um buraco na rua Adauto Lemos. O barranco do lado debaixo da via cedeu e até árvores foram consumidas pela erosão que ficou ainda maior com as chuvas. Para complicar ainda mais o problema, algumas pessoas têm feito o descarte irregular de lixo e entulho no local. A reportagem do Expresso Zona Sul constatou que até sofás velhos foram jogados ali.

De acordo com queixas de moradores, a Prefeitura Regional da Cidade Ademar já esteve no local, mas não tomou nenhuma providência.

Além de ser uma ameaça para motoristas, a ‘cratera’ está bem ao lado da escola Professor Francisco Alves Mourão e dezenas de crianças passam por perto dele. “Estão esperando uma tragédia acontecer para depois fazerem algo”, afirma Ricardo Rocha, morador e liderança comunitária do bairro.

Outro problema é a presença de uma casa que está localizada abaixo do barranco e visivelmente está ameaçada.
Questionada a respeito, a Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais enviou a seguinte nota:
“Será feito  licitação para a contratação da empresa especializada para que seja realizada a obra de contenção de talude na área de risco da Rua Adauto Lemos. A casa que está em situação de risco já foi interditada pela Defesa Civil.

Quanto ao descarte irregular, a Prefeitura Regional Cidade Ademar faz constantemente o trabalho de fiscalização para multar quem comete este crime e nossas equipes de limpeza trabalham diariamente para recolher lixo e entulhos das ruas. De janeiro a abril deste ano, foram recolhidos cerca de 2.240 toneladas de entulho das ruas.”

Sobre expressozonasul

Verificar também

Jogo de empurra-empurra impede que Casa da Mulher Brasileira de São Paulo seja inaugurada

Por/ Flaviane Fernandes De acordo com queixas dos principais Movimentos de Mulheres de São Paulo, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *